Tramadol Comprar sem receita médica


domingo, 19 de junho de 2011

Tudo Que Você Sempre Quis Saber Sobre Tramadol

Alguns anos atrás minha esposa estava prescrito Tramadol para sua dor Artrite Reumatóide. No momento em que nunca tinha ouvido falar de Tramadol e não havia muita informação sobre isso online. Sendo do tipo inquisitivo eu gostaria de saber muito sobre tudo isso me propus a aprender tudo que pude sobre a droga. Através de minha pesquisa pude juntar um pouco de informações de várias revistas médicas, sites, etc e achei que seria prudente para compartilhar as informações online.

A primeira pergunta que você deve estar se perguntando é:

"O que é Tramadol?"

Tramadol (também conhecido como Ultram) é um analgésico de liberação do tempo utilizado para o tratamento da dor ligeira a moderada. É uma forma sintética de codeína, mas é não-narcótico para que ele não é considerado uma substância controlada. Por causa de suas ações de liberação prolongada, é comumente usado para tratar dor crônica moderada a grave quando o tratamento é necessário o tempo todo. Tramadol funciona mudando a maneira como o corpo sente dor.

Tramadol porque é não-narcótico algumas pessoas acreditam que é um (Drug não-esteróides anti-inflamatórios) NSAID, mas não é. Tramadol é diferente de um narcótico típico, porque o corpo não edificar a mesma tolerância com o uso prolongado.

Tramadol foi inventada na Alemanha na década de 1970 e aprovado pelo FDA em 1998. É considerado menos viciante do que suas contrapartes narcóticos como a codeína ou Hydrocodone, mas ainda pode ser muito viciante se não for usado corretamente. É um analgésico muito eficaz, mas também tem qualidades antidepressivo por causa de sua serotonina selecionados inibidor da recaptação da serotonina (ISRS) propriedades. Tramadol é o mais frequentemente prescritos para tratar a dor associada à neuralgia, mas também tem vários usos off label, como a síndrome das pernas inquietas, enxaquecas, a retirada de outras medicações mais viciante, fibromialgia, e transtorno obsessivo compulsivo.

Tramadol está disponível em libertação imediata e formulações de liberação prolongada.

Pode ser prescrito como um comprimido de libertação imediata (50 mg.) Ou como um comprimido de liberação prolongada (100, 200, ou 300 mg.). Os comprimidos de liberação prolongada são normalmente reservados para pacientes com dor crônica que necessitam de contínuo, o tratamento a longo prazo.

Tramadol é uma droga preferencial para pessoas que sofrem de condições de dor crônica porque tende a ser bem tolerada, sem grande risco de efeitos secundários graves quando usado apropriadamente.

Uma revisão Cochrane de tramadol para tratar a artrite revelou algum benefício.

A Revisão Cochrane afirmou que quando tramadol é tomado por até três meses, pode haver diminuição da dor, melhora da função e rigidez e bem-estar geral. No entanto, o tramadol pode causar efeitos secundários que são significativos o suficiente para exigir que o paciente deve parar de tomar a medicação. Riscos superam os benefícios para muitas pessoas que tentaram tramadol. Este acabou por ser o caso com a minha esposa como ela não está mais no Tramadol.

Perigos do uso de Tramadol:

Sendo um opióide, tramadol carrega todos os riscos possíveis e conhecidos de outros opiáceos. Tramadol pode causar depressão respiratória, embora geralmente mais fraco do que o observado com outros opiáceos. Tramadol pode causar dependência psicológica e física semelhante à de outros opiáceos. Náuseas e a possibilidade de asfixia é um próprio vômito, também são possíveis. Os sentidos com opiáceos provavelmente estão familiarizados com estas e geralmente será capaz de tolerá-los

Apreensões de tramadol ocorrer pelo menos uma vez em cerca de 0,87% de pessoas prescritos para tramadol. Fatores de risco incluíram uma história de abuso de drogas (que pode envolver alta dose de uso) e tramadol combinando com outras drogas.
Convulsões são susceptíveis de serem causados ​​por tramadol em si. Aumenta o risco de apreensão com a dosagem (é por isso que o limite diário é de 400 mg). A maioria das convulsões relatou ter sido causado por exceder esse limite.

Pode-se concluir que as apreensões de tramadol são uma possibilidade real, especialmente se ele é usado pelas pessoas erradas, combinada com substâncias erradas ou usados ​​em quantidades elevadas.

Interações medicamentosas:

Existem muitas drogas que interagem com tramadol incluindo 345 conhecido por ter interações importantes, como Ambien, Cymbalta, Flexeril, Lexapro, e Vicodin. Tramadol não deve ser usado em conjunto com outros ISRS como Prozac, Zoloft, Paxil, Luvox pois isso pode causar uma complicação conhecida como síndrome de serotonina. Casos graves desta condição pode resultar em convulsões e morte. Quando os pacientes tomam qualquer tipo de antidepressivo que deve fazer se os médicos estão conscientes deste facto antes de tomar tramadol.

Quem não deve tomar Tramadol:

Você não deve tomar este medicamento se você é alérgico a tramadol, se você já foi viciado em drogas ou álcool, ou se você já tentou o suicídio. Não tome tramadol enquanto estiver embriagado (bêbado) ou tomar algum dos seguintes:

* Álcool ou drogas de rua;
* Medicina estupefacientes dor;
* Sedativos ou tranquilizantes (como Valium);
* Medicamento para a depressão ou ansiedade, ou
* Remédio para a doença mental (como o transtorno bipolar, esquizofrenia).

Apreensões ocorreram em algumas pessoas a tomar tramadol. Converse com seu médico sobre o risco apreensão, que pode ser maior se você tem:

* Uma história de dependência de drogas ou álcool;
* Uma história de epilepsia ou convulsões outros;
* Uma história de traumatismo craniano;
* Uma desordem metabólica, ou
se você também está tomando um antidepressivo relaxante muscular, narcóticos, antipsicóticos, ou um medicamento para náuseas e vômitos.

Para certificar-se você pode seguramente tomar tramadol, informe o seu médico se você tem alguma dessas outras condições:

* Doença renal (ou se faz diálise);
* Cirrose ou outra doença hepática;
* Um distúrbio de estômago, ou
* Uma história de depressão, doença mental, ou pensamentos suicidas.

Tramadol e Gravidez:

Não se sabe se o tramadol irá prejudicar um feto. Tramadol pode causar efeitos colaterais graves ou fatais em recém-nascidos se a mãe usa este medicamento durante a gravidez ou parto.

Informe o seu médico se estiver grávida ou se planeia engravidar durante o uso desta medicação. Tramadol pode passar para o leite materno e pode prejudicar o bebé em amamentação.

Você não deve amamentar enquanto estiver a tomar tramadol. Não dê este medicamento a qualquer pessoa com menos de 16 anos de idade sem o aconselhamento de um médico.

Efeitos colaterais:

Efeitos colaterais comuns da dose regular podem incluir náuseas, diarréia, dor de cabeça, tonturas, sonolência e prisão de ventre. Alergia ou sensibilidade é rara, mas podem incluir urticária, dificuldade para respirar e tontura. Sintomas de dor torácica, depressão respiratória, convulsões ou aumento da freqüência cardíaca são consideradas emergências médicas.

Tramadol Dependência, Dependência e Retiradas:

Pessoas com maior risco de dependência tramadol incluem aqueles que tomá-lo em uma base regular e aqueles que têm uma história de abuso de substâncias. Dosagem regular desta medicação pode criar dependência. Dependência não é o mesmo que o vício, principalmente quando os pacientes tomam a medicação conforme prescrito. Quando tramadol não é mais necessário, os médicos e os doentes devem trabalhar juntos para chegar a um plano de segurança saindo da medicação.

Sinais de dependência incluem:

* Obsessão sobre quando a próxima dose pode ser tomada
* Roubar a droga ou pedir que outras pessoas que tomam a droga para alguns comprimidos
* Solicitação de recargas muito antes de recargas são devidos
* A utilização de vários médicos e farmácias para obter mais da droga
* Reportagem medicação perdeu a fim de obter mais
* Tomar mais do que o prescrito medicação

Sintomas de abstinência pode variar. Eles incluem um aumento da dor, sudorese, ansiedade, tremores, diarréia, insônia e alucinações. Aqueles que sofrem de dependência de tramadol são mais propensos a experimentar sintomas de abstinência.

Custo de Tramadol

Disponibilidade (genéricos disponíveis)
Comprimidos: 50 mg. Preço: Generic-$ 16/30, 85 / 100 $.
Comprimidos de liberação prolongada: Preço: R $ 100mg 89/30, 200mg $ 158/30, 300mg $ 195/30.

Tramadol vem em muitas formas. Ele vem em cápsulas, comprimidos, supositórios, e em injetáveis. Algumas preparações da medicação incluem outros analgésicos, como paracetamol ou anti-inflamatórios como a aspirina. Dose recomendada é geralmente não mais que 400 mg por dia. É especialmente importante usar este medicamento exactamente como prescrito, para o período de tempo prescrito. Ele nunca deve ser compartilhada com outras pessoas ou usados ​​de forma que não seja recomendado por um médico.

26 comentários:

  1. Obrigada, me ajudou muito, não sei se estou dependente do remédio, más me dá. Muito Bem estar, e uma sensação. Estranha de leveza e calma.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É muito provável que esteja dependente, mas deverá procurar ajuda clínica para confirmar a possível dependência.

      Excluir
    2. É muito provável que esteja dependente, mas deverá procurar ajuda clínica para confirmar a possível dependência.

      Excluir
  2. Essa medicação foi passada para minha mãe e ao invés de causar melhora ela teve vômitos e mal estar. O médico que atendeu, fez raio x e disse que estava inflamado o local. Uma pequena lesão no tornozelo aparentemente apenas um arranhão. Pelo que eu entendi a medicação é analgésico bastante forte, e ela não se queixava de dor, apenas incômodo causado pelo inchaço que vem aumentando, seguido de vermelhidão e aparente erupção da pele. Bem resumindo não sei o que fazer já que o inchaço continua, ela não quer tomar a medicação por causa do mal estar que sentiu. Se o remédio não é anti-inflamatório como poderá haver melhora do quadro?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa tarde, tramadol é principalmente analgesico e não anti-inflamatorio, alivia dor mas não resolve problema de inflamação.

      Excluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  4. eu fico esperando a hora pra tomar, e nem doente eu estou

    ResponderExcluir
  5. TENHO FIBROMIALGIA ENTRE VÁRIAS OUTRAS COISAS (DIABETES, GASTRITE HEMORRÁGICA DEPRESSÃO...), FAÇO TRATAMENTO COM PSIQUIATRA E FISIATRA, TOMO OS ANTIDEPRESSIVOS: VELIJA (CYMBALTA, CYMBI) E DORENE (PREGABALINA), AMBOS "AJUDAM" NAS DORES DA FIBROMIALGIA, EM CERTO PONTO AJUDAM MESMO, PORÉM QUANDO ESTOU EM CRISE (TEMPO FRIO E TPM) SÓ O TRAMAL QUE RESOLVE. O PSIQUIATRA É CONTRA O USO DO TRAMAL COM OS OUTROS MEDICAMENTOS Q TOMO E O FISIATRA DIZ QUE NÃO TEM PROBLEMA NENHUM. UTILIZO O TRAMAL COMO "S.O.S", SOMENTE EM CASOS EXTREMOS, NO CASO NAS CRISES, MAS TENHO MEDO DE FICAR DEPENDENTE. PS> NESSE MOMENTO ESTOU COM MT DOR, AQUELE DIA QUE ATÉ AS MÃOS DOEM.. FIBROMIALGIA NÃO É FÁCIL.

    ResponderExcluir
  6. TENHO FIBROMIALGIA ENTRE VÁRIAS OUTRAS COISAS (DIABETES, GASTRITE HEMORRÁGICA DEPRESSÃO...), FAÇO TRATAMENTO COM PSIQUIATRA E FISIATRA, TOMO OS ANTIDEPRESSIVOS: VELIJA (CYMBALTA, CYMBI) E DORENE (PREGABALINA), AMBOS "AJUDAM" NAS DORES DA FIBROMIALGIA, EM CERTO PONTO AJUDAM MESMO, PORÉM QUANDO ESTOU EM CRISE (TEMPO FRIO E TPM) SÓ O TRAMAL QUE RESOLVE. O PSIQUIATRA É CONTRA O USO DO TRAMAL COM OS OUTROS MEDICAMENTOS Q TOMO E O FISIATRA DIZ QUE NÃO TEM PROBLEMA NENHUM. UTILIZO O TRAMAL COMO "S.O.S", SOMENTE EM CASOS EXTREMOS, NO CASO NAS CRISES, MAS TENHO MEDO DE FICAR DEPENDENTE. PS> NESSE MOMENTO ESTOU COM MT DOR, AQUELE DIA QUE ATÉ AS MÃOS DOEM.. FIBROMIALGIA NÃO É FÁCIL.

    ResponderExcluir
  7. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  8. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  9. tomou tramadol a mais de 3 meses ,sinto dores fortes,demais ,a ponto de para todo minha coisas do dia a dia,tomo em media 60 de 100,mg, ao mês não sei como vai ser só sei que e o único ,que passa minha dor ,o medico passou outro mais,pelo que li e bem pior,e o tramadol,e muito bem tolerado,por meu corpo,gostaria de para,mais quando passar das 8 horas de cada tomada ador,vem muito forte,a ponto de que eu fiquei muito nervosa ,a ponto de nem conversa,se alguém souber responde ai

    ResponderExcluir
  10. tomou tramadol a mais de 3 meses ,finto dores fortes,demais ,a ponto de para todo minha coisas do dia a dia,tomo em media 60 de 100,mg, não sei como vai ser so sei que e o unico ,que passa minha dor ,o medico passou outro mais,pelo que li e bem pior,e o tramadol,e muito bem tolorado,por meu corpo,gostaria de para,mais quan do passar das 8 horas de cada tomada ador,vem muito forte,a ponto de que eu fiquei muito nevosa ,aponto de neim convertsa,se alguem souber respe de a i,

    ResponderExcluir
  11. Uma pessoa muito querida, veio a óbito pelo uso abusivo desta droga. Era uma pessoa ativa, sociável e alegre, além de excelente profissional, pai e marido. Teve diagnóstico de artrite reumatóide em 2011 e faleceu em maio de 2015, um dia após completar 44 anos. Nos últimos meses, além dos analgésicos orais e injetáveis, foi prescrito por uma neurologista uma receita com 4 antidepressivos o que acabou deixando-me impossibilitado e cada vez mais deprimido; já não interagia com os amigos, perdeu prestígio no trabalho e foi abandonado pela esposa que se via afundando na depressão por conta de tanto sofrimento. NENHUM MÉDICO no entanto indicou ajuda psicológica, alimentação equilibrada,fisioterapia e atividade física leve, apenas aumentavam a quantidade e diversidade de medicamentos. A pergunta é: os médicos são despreparados ou falta humanismo? Eles simplesmente não enxergam o paciente como um todo, não conversam entre si para otimizar o tratamento, simplesmente vão passando pra outros "especialistas" e cada um prescreve um medicamento diferente do outro sem se preocupar com as interações medicamentosas. Perdem-se vidas preciosas e ninguém é responsabilizado por isso. Muitos médicos são comprometidos com sua profissão e principalmente com seus pacientes, outros apenas em atender o paciente o mais breve possível para atender mais; para esses vale a lei do menos qualidade, mais quantidade.

    ResponderExcluir
  12. Bom dia, foi indicado pelo meu ortopedista o uso de tramodal para alívio das dores de uma cirurgia que fiz do osso calcâneo e implantação de pinos, ocorre que estou ficando com muita prisão de ventre e muita dor de cabeça, é horrível, muito desconfortável.

    ResponderExcluir
  13. Bom dia, foi indicado pelo meu ortopedista o uso de tramodal para alívio das dores de uma cirurgia que fiz do osso calcâneo e implantação de pinos, ocorre que estou ficando com muita prisão de ventre e muita dor de cabeça, é horrível, muito desconfortável.

    ResponderExcluir
  14. o into eu pego 180 comprimidos mais nao sou viciado a este remedio...

    ResponderExcluir
  15. o into eu pego 180 comprimidos mais nao sou viciado a este remedio...

    ResponderExcluir
  16. Tomei tramadol durante 3 anos, e fiquei viciado devido o bem estar que me causava, porém com o tempo fui percebendo mudanças na minha personalidade, fiquei mais calado e um pouco anti-social.. Chegava a tomar 12 comprimidos por dia.. Tentei para milhares de vezes e sempre me dava abstinência, depressão e insônia, e por não aguentar logo voltava a tomar... Esse remédio acabou com minha saúde mental.. Parei de tomar e tive que fazer uso de antidepressivos e calmantes para, ainda estou em tratamento e parece estar funcionando. Aconselho não abusar deste maldito remédio, tome só quando necessário e a certo prazo com acompanhamento médico.

    ResponderExcluir
  17. Eu estou tomando metadona de 10 mg 3 comp em 6h/6h junto com dimorf 30 mg 2 comp de 6h/6h, tenho dores super forte tive muitos derrames pleural,estou cm suspeita de fibrose cística,e tem um remedio chamado fetanil adesivo que e muito caro, ainda bem que eu pego gratuito pelo sus. Mas já tomei o tramadol eu pagava 7 reais na utra farma mas era muito comp 240 CPS. Meu estado piorou bastante que ele nao fazia mais efeito

    ResponderExcluir
  18. Comecei a tomar devido a dores abdominais desconhecidas receitadas pelo médico. Não fui alertada quanto ao poder viciante desse medicamento. No começo não percebi, aos poucos fui percebendo que ficava super bem disposta e por fim não conseguia largar essa maldita droga. Esta sendo o pior momento da minha vida, parei de tomar pois percebi que era como se eu tivesse outra personalidade quando eu tomava, eu tinha saudade de mim, de como era antes, estava me tornando uma zumbi com essa Droga. A abstinência tem sido horrível, ansiedade, tremores, diarreia, dores no corpo, sudorese, taquicardia, falta de ar, depressao. Pesquisei o modo mais fácil de parar de tomar que era o desmame, ir tirando 20% da Droga a cada 3 dias, mas por fim estava já na metade do desmame fui radical e tirei o resto de uma vez, porque já estava muito revoltada com tudo isso que estava acontecendo, a droga que tomava conta de tudo na minha vida. Estou tomando paracetamol devido às dores no corpo que eu não tinha antes, chorei muito devido à depressao, mas já vejo o sol começar a brilhar de novo na minha vida. Escondi isso de todos da minha família e estou passando por isso sozinha e Deus. O alerta que posso deixar, se você toma a pouco tempo vá fazendo o desmame e comece o mais rápido o possível, se você já toma a muito tempo e está viciado, se não conseguir parar sozinho procure um médico, pois existe medicamentos que vão amenizar a abstinência e tenha fé porque vai passar! E pra quem esta começando a tomar use por menos de uma semana, e fique longe pra não passar o que passei, por muitas vezes senti que não conseguia mais viver! É uma droga como qualquer outra e pode matar. Espero que tenha ajudado!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pode me dizer por quanto tempo você ficou com abstinência? Já está com seu organismo limpo?

      Excluir
    2. eu fiquei uns 15 dias sentindo falta da sensação de bem estar, eu tomei chá de alecrim para tirar a dependência do remédio, 6 xícaras por dia bem forte.

      Excluir
  19. Como posso parar de os tomar alguém me pode ajudar fui obrigado a tomar 4 ao dia por causa de um problema grave na coluna fasso uso a 8 meses mas a abestinencia é muito dura

    ResponderExcluir
  20. Alguém me pode ajudar? Por favor quero deixar esta maldita droga

    ResponderExcluir